Hélder Rodrigues ao ataque no Dakar 2014

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Hélder Rodrigues ao ataque no Dakar 2014

Mensagem por CBR666 em Sex Dez 13, 2013 12:49 pm



O piloto oficial da Honda Hélder Rodrigues disse esta quinta-feira ambicionar vencer o Dakar, contando com uma mota nova - desenvolvida de raiz - e com um piloto na equipa dedicado apenas a dar-lhe apoio ao longo da prova.

"Com o que a Honda tem investido e o trabalho que temos tido, queremos a vitória no Dakar. Ninguém mais do que eu quer a vitória. É um objetivo difícil, todos nós o sabemos, mas é esse que nós queremos e é para esse que lutamos", disse Hélder Rodrigues, na antevisão da sua presença no Dakar'2014.

Na edição anterior, Rodrigues terminou em sétimo lugar nas motas, mas o piloto da Honda quer melhorar os dois terceiros lugares (2012 e 2011, ano em que se sagrou campeão do Mundo de todo-o-terreno).

"O objetivo é melhorar os meus pódios. Já o ano passado era e este ano mais. É para isso que trabalho o ano inteiro e foi para isso que a equipa fez uma mota nova e trabalhou bastante durante este ano", explicou o piloto.

O diretor da equipa Honda Racing, o holandês Henk Hellegers, explicou que apenas duas peças na nova mota são iguais à do ano passado. "É uma mota completamente diferente, a únicas peças iguais são as rodas e o guiador. Foi construída do zero, mas incorporando toda a experiência e as ideias do ano passado", disse o responsável.

Habitualmente um piloto conservador no arranque, Hélder Rodrigues quer este ano atacar logo na primeira semana. "A estratégia [para a primeira semana] será atacar. Essa não é a minha característica, eu sou um piloto que começo um pouco mais lento, mas o meu objetivo é tentar melhorar isso e atacar logo desde os primeiros dias. Mas com alguma cautela, porque o Dakar é uma corrida muito longa, que não se ganha logo na primeira semana", disse o piloto.

Para um bom resultado, Hélder Rodrigues contará com uma estratégia de equipa dedicada a apoiá-lo, referiu à Lusa Henk Hellegers. "O piloto principal será o Hélder, que terá um 'mochileiro' [Javier Pizzolito] completamente dedicado a ajudá-lo. E depois temos outros pilotos rápidos que o poderão ajudar", afirmou o chefe de equipa, ressalvando, no entanto, que no Dakar as estratégias podem mudar logo no primeiro dia.

Quanto ao percurso, o piloto da Honda parece mais preocupado com os imprevistos do que com as dificuldades do traçado. "Não tenho grande problema com o percurso. O problema do Dakar é sempre com as coisas que não imaginamos. Vamos ter altitude em etapa de maratona - em que não temos assistência - e esse poderá ser o maior problema do Dakar este ano, a altitude, já que vamos subir aos 4.300 metros em competição. Em cima da mota vai ser difícil", sublinhou Hélder Rodrigues.

Nove pilotos portugueses vão enfrentar um rali Dakar 2014 mais longo, cuja 35.ª edição, sexta na América do Sul, cresceu cerca de 1.000 quilómetros e fará uma inédita incursão na Bolívia. Com mais 400 pilotos inscritos - incluindo sete portugueses nas motos e dois nos carros -, esta edição será disputada de 5 a 18 de janeiro de 2014, entre Rosario, na Argentina, e Valparaiso, no Chile, com uma passagem nos planaltos da Bolívia reservada em exclusivo aos "motards".

O itinerário do mais importante rali todo-o-terreno do Mundo terá 9.374 quilómetros para os carros, dos quais 5.552 de "especiais", enquanto as motos terão de percorrer 8.734 quilómetros, incluindo 5.228 de troços cronometrados, repartidos em ambos os casos por 13 etapas.
avatar
CBR666

Data de inscrição : 22/06/2011
Idade : 32
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/Oficina.L.L.Motors

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum